Literatura Brasileira.net

Olavo Bilac ( 1865-1918)

Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac, nasceu no Rio de Janeiro em 1865 e aí morreu em 1918. É um dos melhores poetas do Parnasianismo Brasileiro e, junto com Alberto de Oliveira e Raimundo Correia forma a Tríade Parnasiana. Sua poesia apresenta várias temáticas. Dentro da linha tipicamente parnasiana, escreveu poemas sobre quadros referentes à antigüidade, como, por exemplo, em "A Sesta de Nero" e " O incêndio de Roma".

Abordou também fatos da história brasileira, como em "O Caçador de Esmeraldas", onde exalta a figura do bandeirante Fernão Dias Paes. A par disso, sua obra expressou seu mundo interior através de poesia lírica, amorosa e sensual, em que abandona o tom comedido da escola.

Na expressão de seu lirismo, acabou por criar uma linguagem pessoal e comunicativa, tornando-se um dos escritores mais populares de sua época.

Escreveu:

  • Panóplias
  • Profissão de Fé
  • Sarças de Fogo
  • Via Láctea
  • As Viagens
  • O Caçador de Esmeraldas
  • O incêndio de Roma

Pesquisar

Usuários On-line

Temos 6 visitantes e Nenhum membro online